• Pref. de Piripiri

SEDUC realiza I Jornada Saberes e Sabores em escolas municipais de sete povoados da zona Rural de Pi

Com intuito de integrar culturas e saberes dos alunos na Zona Rural de Piripiri, a Prefeitura de Piripiri, por meio da Secretaria Municipal de Educação (SEDUC), realizou, de 23 a 25 de agosto, a I Jornada Saberes e Sabores. O projeto foi montado em escolas-núcleo nas comunidades Furnas, Caldeirão, Pé do Morro, Sertão de Dentro, São Luís, Vertentes e Bela Vista.


Com o tema “Educação do Campo e Cultura Popular”, o projeto envolveu alunos e professores das sete comunidades rurais que foram visitadas por outras comunidades da região. Danças, artesanato, apresentação de pratos típicos, literatura entre outras ações foram apresentadas pelos alunos sob orientação dos professores e direção das escolas.


“Essa Jornada Saberes e Sabores é um intercâmbio de culturas. Sete escolas-núcleos receberam as demais comunidades rurais onde temos escolas funcionando ativamente. Então, é um momento de confraternização, valorização, reconhecimento e resgate da cultura do campo”, destaca a secretária da SEDUC, Tânia Marilda Monteiro.


A programação da Jornada teve início na terça (23), nas escolas municipais dos povoados Furnas, Caldeirão e Pé do Morro. Na quarta (24), foi a vez das comunidades Sertão de Dentro e São Luís e na quinta (25), a Jornada passou pelas comunidades Vertentes e Bela Vista.


A superintendente de Ensino da SEDUC, Meirian Castro, revela que o projeto está permitindo conhecer a riqueza de cada povoado. “Em cada local a gente percebe isso, vivenciando essa riqueza e a diversidade da cultura popular de cada um desses lugares”, frisa.


“A gente aprende mais sobre a nossa cultura, as pessoas de fora que vem conhecer e aprendem também”, disse Ana Sophia Silva Urquiza da escola rural do DNOCs, umas escolas-núcleo da Jornada que abordou a agricultura, a pesca e a gastronomia. “Estou achando o evento muito bom, muito interessante”, revela Esmeralda Lima da Silva, aluna da escola municipal Vicente Alves Ferreira do povoado Açude da Baixa.


A estudante Ana Caroline da escola Antônio Hermínio da Silva do povoado Pequi também gostou do que viu da Jornada no povoado Furnas. “Muito bom saber sobre a cultura das outras comunidades”, disse a aluna que mostrou a farofa de piabas, prato típico da sua comunidade.


O coordenador do Departamento de Educação no Campo da SEDUC, Professor Reginaldo, disse que “muito mais coisas importantes serão vistas daqui pra frente como resgate de cultura, culinária, gastronomia e literatura”, acrescentando que "mostra a grandiosidade que é nossa cultura popular na nossa região”.