top of page
  • Foto do escritorPref. de Piripiri

SETAS realiza capacitação para o diagnóstico da situação do trabalho infantil em Piripiri

A Prefeitura Municipal de Piripiri, por meio da Secretaria Municipal do Trabalho, Assistência e Desenvolvimento Social (SETAS), realizou uma Formação para a Rede de Profissionais que lutam contra o trabalho infantil. A formação foi conduzida pelas assistentes sociais Franciana Beleense e Kelma Modestina. O evento aconteceu no auditório Milton Vieira, no Palácio do Povo de Pery Pery, no último sábado, 11 de maio.



As ações divulgadas incluem a articulação e desenvolvimento de estratégias para enfrentamento ao trabalho infantil, como o monitoramento do município com base nas informações do Sistema Único de Assistência Social (SUAS), além do planejamento e organização de ações de educação permanente para os trabalhadores da SETAS.


Também foi destacado na formação o Disque 100, um número que atende todo o território nacional, onde chamadas podem ser identificadas ou anônimas.


"Este instrumento que estamos tratando é um diagnóstico para identificarmos onde estão ocorrendo violações de direitos em nossa cidade. Por recomendação do Ministério Público Federal, este trabalho reafirma nosso compromisso em enfrentar o trabalho infantil. Não vamos retroceder e vamos continuar protegendo nossas crianças e adolescentes", disse o secretário Gustavo Souza da SETAS.



"O Trabalho Infantil é doloroso e nosso objetivo é dialogar com todos e vencer esse mal. A família e a comunidade devem entender que o trabalho não é legal, estar na escola sim", afirmou Franciana Beleense, assistente social responsável pela palestra.


Kelma Modestina, assistente social da Prefeitura de Teresina, também comentou sobre o evento: "O diagnóstico é muito importante e fornece uma visão clara para o gestor, objetivando que ele tome uma ação concreta diante da situação. Vejo com bons olhos as ações em Piripiri e acredito que, com o tempo, a realidade de crianças trabalhando deixará de existir", concluiu.




Comments


bottom of page