• Pref. de Piripiri

SETAS lança campanha “Faça Bonito” em combate ao abuso e a exploração


A Prefeitura de Piripiri, por meio da Secretaria de Trabalho, Assistência e Desenvolvimento Social (SETAS), lançou, nesta segunda (16/05), a campanha Faça Bonito em alusão ao dia 18 de Maio, Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. O evento aconteceu no auditório vereador Milton Vieira, no Palácio do Povo de Perypery, no Cetro Administrativo.


Na oportunidade, crianças e adolescentes atendidas pelo Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) da SETAS fizeram uma apresentação mostrando dados de aumento da violência no Brasil, como: “18% das crianças são exploradas”, “10% sofrem descaso”, “15% sofrem violência física”, e “35 mil são mortas no Brasil”. Ao final, mostraram o símbolo da campanha “Faça Bonito - Proteja nossas crianças e adolescentes”, uma flor amarela.


“Estamos aqui aparelhando as instituições para combater qualquer tipo de violência. Piripiri é a quarta maior cidade do Estado e estamos dialogando com o Poder Judiciário, Ministério Público, Defensoria Pública, Câmara Municipal, Conselhos Municipais de Direitos, PRF, Polícia Militar, Polícia Civil, sociedade civil organizada. Todos juntos para denunciar a violência e teremos um mês inteiro de atividades”, afirma a prefeita Jôve Oliveira Monteiro.


O presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente de Piripiri (CMDCA), Gustavo Sousa, disse que o isolamento social provocado pela pandemia agravou os índices de violação de direitos porque as crianças e os adolescentes passaram mais tempo em casa. “Se formos olhar os dados hoje, sobre violência doméstica, os índices mostram que o ambiente mais comum para esse tipo de violência é o ambiente doméstico”, revela o presidente.


“Frente a esse cenário preocupante em que crianças a adolescentes são violentados todo dia, que a agente se preocupa, se mobiliza para sensibilizar a população para participar da campanha Faça Bonito”, destaca a secretária da SETAS, Cínthia Rezende.