top of page
  • Foto do escritorPref. de Piripiri

SETAS de Piripiri promove audiência pública sobre o Junho Violeta

A Prefeitura de Piripiri, por meio da Secretaria Municipal do Trabalho, Assistência e Desenvolvimento Social (SETAS), realizou audiência pública sobre o Junho Violeta e lembrou o dia 15 de junho, Dia Mundial de Conscientização sobre a Violência contra a Pessoa Idosa. O evento aconteceu na última quinta (22/06), na Câmara Municipal de Piripiri.



“A Prefeitura está aqui e, hoje (22), represento nossa prefeita Jôve Oliveira Monteiro que teve outro compromisso. A SETAS faz bem seu trabalho, ela sabe cuidar do idoso. Tenho 67 anos, sou idoso, e ele tem que ser respeitado”, disse o vice-prefeito Hilton Osório.



Presente ao evento, a secretária da SETAS, Cíntia Rezende, falou sobre o momento. “Estamos aqui para conscientizar nossa população sobre o respeito à pessoa idosa. Qualquer abuso, ligue 100 e denuncie os maus tratos à pessoa idosa”, afirmou.



"Hoje é dia de discutir a pessoa idosa e é uma demanda recorrente nos nossos equipamentos sociais. É comum a gente ouvir isso. Estamos fazendo essa audiência para ouvi-los, já que não podemos admitir essas agressões. Recebemos denúncias e agimos. Não somos polícia, mas repassamos aos órgãos que podem fazer isso”, explicou Gustavo Souza, superintendente da SETAS.



Eulália Souza, coordenadora do CREAS, falou sobre o trabalho do órgão. “A importância dessa campanha no município é muito forte. Trouxemos eles aqui para saberem do nosso trabalho. São 33 casos de violência e estamos acompanhando, lutando pelos idosos. Disque 100 e vamos ouvi-lo ou podem procurar a gente. Ficamos à Rua Dr. Antenor de Araújo Freitas, 1248, mesma Rua do INSS”, disse.



“Audiência importante, com a presença de bom público e autoridades. É uma temática urgente e temos que acabar com a violência contra o idoso. O idoso já contribuiu para a sociedade durante muito tempo e tem que ser respeitado. Cada um fazendo sua parte, pode protegê-lo”, explicou Alan Osório, presidente da Câmara Municipal de Piripiri.



Noélia Brito, professora aposentada, falou sobre o evento. “Audiência relevante. É preciso falar do idoso porque todos nós nos tornaremos idosos e cada um de nós tem que respeitar essa faixa de idade”, salientou.



“Eu achei ótima a audiência e queremos nós, idosos, uma Casa dos Idosos. Peço a todos que denunciem a violência contra o idoso”, finalizou a aposentada Rosa Alves.




Comments


bottom of page