• Pref. de Piripiri

SESAM lança campanha Setembro Amarelo de prevenção ao suicídio em Piripiri


Foi lançada, nessa quinta-feira (01/09), a campanha Setembro Amarelo de Prevenção ao Suicídio com o tema: Agir Salva Vidas. A campanha é uma realização da Prefeitura de Piripiri, por meio da Secretaria de Saúde Municipal (SEAM) e coordenada pelo Centro de Atenção Psicossocial (CAPS II).


O evento aconteceu no Teatro João Cláudio Moreno, no Memorial Espedito Resende, zona Sul de Piripiri e constou de apresentação de um coral formado por três colabores do CAPS II e 12 pacientes que cantaram música e seguravam girassóis, que simbolizam a busca pela vida, para sensibilização do público presente.


“É um momento de muita reflexão e muita conversa. A gente trabalha muito sobre o tema saúde mental e precisamos conversar um pouco mais sobre prevenção, principalmente do suicídio”, disse o secretário da SESAM, Gabriel Mauriz.


O vice-prefeito de Piripiri, Hilton Osório, disse que a campanha é muito bonita.


“Seja a ajuda que o outro precisa, isso é muito importante, não só na abertura dessa campanha, mas nos 365 dias do ano”, defende o gestor.


A coordenadora do CAPS II, Letice Ribeiro, disse que “muita gente entende, erroneamente que, quanto mais se fala no tema suicídio mais acontece, mas é o contrário, a gente precisa educar as pessoas para procurar ajuda”, explica a terapeuta educacional.


Acrescentando que as pessoas podem “procurar o CAPS II e dizer que está passando por esse sofrimento pra gente consegue reverter esses quadros”.


“Esse tema é um tabu, ele vem de um processo de adoecimento e auto-destrutivo, é determinante e temos que primar pelo diálogo e temos que ser educados para ouvir, pra entender o outro”, disse a psicóloga Araceli Monteiro que ministrou palestra intitulada – Adoecimento mental na Adolescência – Vamos Falar sobre isso.


A psicóloga Lorena Lima, que falou sobre o tema – “Até onde Nossos Corpos Suportam? defende que “temos que conhecer e prevenir esse tipo de atitude.


São muitos fatores que provocam esse fenômeno e tem possiblidade de preveni-lo”, explicou.