top of page
  • Foto do escritorPref. de Piripiri

SESAM de Piripiri realiza capacitação do programa Consultório na Rua

A Prefeitura de Piripiri, por meio da Secretaria de Saúde Municipal (SESAM), realizou, na última quinta-feira (02/02), a capacitação do programa Consultório na Rua, com a equipe do programa que atua em Teresina. O trabalho teve a participação de integrantes do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) e do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) da Secretaria Municipal do Trabalho, Assistência e Desenvolvimento Social (SETAS), de Piripiri.


A secretária da SESAM, Beatrice Pimentel, disse que é um trabalho voltado para as pessoas que vivem em situação de vulnerabilidade social. “A gente fala com eles, faz consultas e os conscientiza dessa situação e na parceria com a SETAS, trabalhamos a questão da alimentação. Nós temos uma equipe multiprofissional que trabalha essas pessoas diariamente”, disse


“Hoje, dois integrantes da equipe de Teresina, que trabalham na Prefeitura de lá, terão um momento de conversa com a equipe de Piripiri e convidados. O objetivo é atender ao público que está na rua. Nosso trabalho é esse: consultar e ajudá-los. Nós já estamos trabalhando desde fevereiro e a equipe é formada por um médico, assistente social, psicóloga, enfermeiro e dois técnicos de enfermagem”, disse Jaira Jucá, psicóloga, integrante do programa.


“É um trabalho de cunho social e precisamos desmistificar algumas coisas, os motivos que levam essas pessoas para essa situação de rua: quebra de vínculo, ideologia, etc. Analisamos tudo isso e trabalhamos com elas na rua, pois poucos voltam para casa. É ter cidadania. Para você ter uma ideia já encontramos pessoas com dois cursos e morando na rua. Já na questão de criança, adolescente e idoso não é para estar na rua. Lutamos para retirá-los”, afirmou a palestrante Melissa Carvalho, psicóloga do Consultório na Rua, de Teresina. Presente ao evento, o psicólogo Ricardo Morais, do CRAS I, da SETAS, falou sobre o assunto. “Esse programa é muito importante e temos que ajudar as pessoas. Elas estão na rua, mas têm direitos fundamentais e lutamos por essa dignidade”, finalizou o profissional.



Comments


bottom of page