• Pref. de Piripiri

SEDUC de Piripiri reúne diretores e gestores de escolas para capacitação sobre prestação de contas


A Prefeitura de Piripiri, por meio da Secretaria Municipal de Educação (SEDUC), reuniu, nessa terça (14/06), diretores e gestores escolares da rede municipal para uma capacitação sobre prestação de contas. O curso de capacitação segue até hoje (15/06), no auditório Vereador Milton Vieira, no Palácio do Povo de Perypery, no Centro Administrativo, zona Leste da cidade.


O superintendente Administrativo e Financeiro da SEDUC, Dirceu Martins informa que “a SEDUC descentraliza os recursos do QSE que é salário cota-educação que chegam às escolas para atender as demandas”, e acrescenta que “a reunião é para reforçar e socializar o temos de novidade no regime de prestação de contas”.

Dirceu Martins informa que as escolas da Rede Municipal de Piripiri recebem recursos de vários programas do FNDE como: Programa Dinheiro Direto na Escola (DDE), Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) e o Programa de Inovação Educação Conectada (PPDE Interativo).


“Esses recursos chegam à escola para otimizar as rotinas, mas precisam ser aplicados de forma correta. É preciso dar transparência, ser feita a prestação de contas seguindo a legislação contábil”, explica o superintendente da SEDUC, Dirceu Martins.


Na oportunidade, foi informado que a SEDUC deverá adquirir produtos da Cooperativa Agrofamiliar dos Frutos da Terra (COOAFRUT), sediada em Piripiri por meio de um projeto que vai dar preferência aos produtos fornecidos pela cooperativa. “A importância do agricultor entregar o produto na escola e ao mesmo tempo gerar renda na sua família. Então, essa parceria vem somar e engrandecer as famílias da zona Rural”, disse a presidente da COOAFRUT, Maria do Remédios.


O secretário de Finanças da COOAFRUT, Antônio Soares, afirma que a prefeita de Piripiri, Jôve Oliveira Monteiro, vai apoiar a compra de produtos da cooperativa. “Nós estamos comemorando um projeto que nunca havia sido feito em Piripiri para aquisição para os produtos familiares”, pontua o dirigente.