• Pref. de Piripiri

Prefeitura em parceria com DETRAN/PI conclui a sinalização do trânsito em Piripiri


A Prefeitura de Piripiri, por meio da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SUTRAN), e em parceria com Governo do Estado, concluiu a sinalização do trânsito em Piripiri, incluindo a PI-327 (antiga Vicente Fialho) que dá acesso ao açude Caldeirão. Com investimentos da ordem de R$ 1,1 milhão, o trabalho foi executado pela empresa Sinavias foi concluído em apenas 20 dias.


O projeto de sinalização contemplou avenidas, ruas, ciclovias e pontos de grande fluxo de veículos na cidade. Foi implantado um novo sistema semafórico, faixas de pedestres, "Yellow Box" (caixa amarela), tachas bidirecionais (olho de gato) nas ciclovias, placas informativas e sinalização horizontal em ruas e avenidas de Piripiri.


“Nós colocamos um novo sistema semafórico ali na Av. Aderson Ferreira, à altura da Rua Dr. Osmar Mendes de Holanda, bem próximo da ponte do Biano, onde havia um risco para quem passava por ai. Agora, o semáforo digital disciplina e dá segurança para todo mundo”, explica a prefeita Jôve Oliveira Monteiro.


A gestora lembrou também da revitalização da ciclovia da Av. Aderson Ferreira, no trecho entre a sorveteria Cremosa e a Praça das Flores. “Várias ruas e avenidas, que ganharam asfalto novo em nossa gestão, estão agora sinalizadas. A malha viária urbana está padronizada e está mais segura. Tá tudo lindo e organizado”, destaca a prefeita Jôve Oliveira Monteiro.


O superintendente da SUTRAN, Jaime Melo, disse que projeto de sinalização contemplou o centro e também as vias de acesso aos bairros de Piripiri. “A cidade está se modernizando com esse projeto de sinalização. Hoje, a gente vê o que foi feito, algo que a população já requisitava há muito tempo e que foi possível, graças a essa parceria da Prefeitura com o Governo do Estado”, frisa Melo.


Jaime Melo informa que a PI-327, rodovia Arthur Gonçalves de Sousa (antiga Vicente Fialho), que dá acesso ao açude Caldeirão, recebeu portais de acesso, pinturas especial, placas e tachas de sinalização. “Não havia sinalização há décadas na rodovia.