top of page
  • Foto do escritorPref. de Piripiri

Prefeitura de Piripiri promove 1ª Escuta Pública da Lei Paulo Gustavo

A Prefeitura de Piripiri, por meio da Secretaria Municipal de Juventude, Cultura, Esporte, Turismo e Lazer (SEJUCE), realizou, nesta quinta-feira (19/05), a I Escuta Pública da Lei Paulo Gustavo. O evento aconteceu no Teatro João Cláudio Moreno, no Memorial Espedito Resende e reuniu dezenas de artistas.


“Estamos vivendo um momento ímpar na cultura brasileira. A lei é uma realidade e vai destinar bilhões de reais para todo o Brasil. Em Piripiri será pouco mais de R$ 500 mil Reais para investir na cultura. Somos colaboradores da SEJUCE e estamos aqui para tirar dúvidas com nossos artistas. Serão três encontros para as pessoas saberem como vai funcionar o edital e como as pessoas podem concorrer. E, no próximo semestre, teremos a Aldir Blanc que é outra lei para investir mais em cultura”, disse Marcos Matos, responsável pela divulgação da Lei em Piripiri e presidente do Conselho Municipal de Cultura de Piripiri.


Chaguinha do Desejo, superintendente da SEJUCE, falou sobre esse momento cultural. “Piripiri é cultura e esse benefício vai servir muito. Ficamos felizes e a SEJUCE vai tratar todos muito bem com essa lei”, explicou.


“Uma oportunidade muito boa; temos vários movimentos aqui e estamos muito felizes com isso”, externou Francisco das Chagas, o Difi, saxofonista da banda Os Dragões.


Cícero Dias, índio piripiriense, também marcou presença no evento. “Momento muito importante para a elaboração desses editais e estamos aqui para participarmos, pois temos necessidade e queremos construir com todos aqui”, finalizou.


Em um grande ato em Salvador (BA), na quinta-feira, 11 de maio, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a ministra da Cultura, Margareth Menezes, assinam o decreto que regulamenta a Lei Paulo Gustavo (195/2022). Com essa ação, todos os municípios, estados e o Distrito Federal poderão começar a ter acesso ao montante de R$ 3,8 bilhões, o maior valor da história destinado ao setor cultural.



Comments


bottom of page