top of page
  • Foto do escritorPref. de Piripiri

Prefeita de Piripiri discute implantação de usina de beneficiamento do lixo com gestores da região


A Prefeita de Piripiri, Jôve Oliveira Monteiro, conduziu nesta quinta-feira (16/03) reunião para assinatura do Acordo de Cooperação Técnica (ACT) celebrado entre o Governo do Estado do Piauí, por meio do Instituto de Águas e Esgotos do Piauí (IAEPI), e a Prefeitura de Piripiri, visando a implementação de política de saúde ambiental, gestão de resíduos e saneamento básico, bem como para o projeto de implantação de usina biomecânica para tratamento integral do lixo, onde visa a transformação desses Resíduos Sólidos Urbanos (RSU) em biogás, energia elétrica, biofertilizantes, entre outras finalidades. A Usina ficará instalada em Piripiri.


O encontro, realizado na sala de reuniões do Palácio do Povo de PeryPery, reuniu 15 prefeitos e prefeitas do norte piauiense. O momento também serviu para discussão e assinatura dos gestores presentes da Carta de Intenção para constituição de Consórcio Público Intermunicipal, tendo como principal objetivo o desenvolvimento de políticas públicas de interesse comum dos municípios, principalmente no que se refere aos princípios, diretrizes e metas da Política Nacional de Resíduos Sólidos para o cumprimento do Marco Legal do Saneamento Básico.


A prefeita de Piripiri, Jôve Oliveira Monteiro, anfitriã do evento, falou sobre a importância do encontro. “Estamos mobilizando as cidades para tratarmos dessa problemática, sobre a instalação da Usina de Beneficiamento do Lixo em Piripiri e discutir também o fortalecimento regional. Agradeço ao governo Rafael Fonteles por ter me escolhido para ser líder desse consórcio de prefeitos e prefeitas. Temos que regulamentar isso, porque não dá mais pra aceitar lixo a céu aberto”, disse Jôve.


Para Magno Pires, diretor presidente do IAEPI, a reunião ficará marcada na história de Piripiri por sua importância. “A prefeita Jôve está de parabéns, assim como todos os prefeitos que estiveram presentes. O resultado é que todo esse trabalho vai gerar respeito ao meio ambiente, respeito aos cidadãos, resolver um problema gravíssimo na microrregião que é o destino final do lixo e, sobretudo, a solidariedade entre os prefeitos para que a usina venha a ser instalada aqui em um curto espaço de tempo”, explicou.


Marcos Andrey, presidente do Instituto Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação (INCT) destacou a seriedade da reunião. “Estamos felizes em estar em Piripiri trazendo uma solução viável, em parceria com o Governo do Estado que vai custear os estudos em toda região para elaboração do plano de recuperação de áreas degradadas, também o diagnóstico de todos os municípios que irão nos próximos meses retirar a pressão do Ministério Público e se adequar ao novo marco de saneamento para que a gente possa fazer a implantação da usina de beneficiamento de resíduos”, ponderou Andrey.


A prefeita de Brasileira, Carmen Jean, ficou contente com a assinatura. “Estamos muito felizes, Brasileira tem total interesse e estamos aqui aderindo e presenciando esse momento”, disse.


Da mesma opinião a prefeita de Cocal de Telha, Karyne Aragão, disse ter gostado da ideia do consórcio. “Isso é muito bom para a nossa cidade e pode gerar também emprego e renda, além do meio ambiente que vai ficar bem melhor”, explicou.


A prefeita Betinha Brandão, de Pedro II, disse que a reunião serviu para que os prefeitos da microrregião de Piripiri pudessem ter o início da solução sobre a destinação do lixo. “Estivemos aqui para assistir a palestra e também para assinar a cartão de intenção para formação do consórcio intermunicipal, assim resolver esse grande pesadelo que se tornou o nosso lixo. Estamos aqui para agradecer todo esse incentivo que nos está sendo dado”, disse.


O prefeito de Nossa Senhora do Nazaré, José Henrique, também falou sobre a usina. “Muito satisfeito com essa novidade; uma usina aqui em Piripiri e que pode nos ajudar a resolver em definitivo essa questão do lixo”, concluiu.



Comments


bottom of page