top of page
  • Foto do escritorPref. de Piripiri

Piripiri é escolhida para sediar abertura do Maio Amarelo 2023

A Prefeitura Municipal de Piripiri, por meio da Secretaria de Saúde Municipal (SESAM), recebeu, nesta terça-feira (11/04), a primeira reunião sobre o Maio Amarelo, movimento do Programa Vida no Trânsito (PVT) que visa a redução de acidentes. Participaram representantes da Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal (PRF) SAMU, Secretaria de Saúde do Estado (SESAPI), Secretaria de Segurança, DETRAN, OAB, Corpo de Bombeiros, Exército, Coordenação Regional de Saúde e SEDUC. O evento aconteceu na sala de reuniões do Palácio do Povo de Perypery.

“Estou muito feliz com a organização da SESAM e com todas essas instâncias aqui. Esse engajamento é para salvar vidas. Há muita imprudência e temos que evitar isso; velocidade excessiva e há muitos números de óbitos envolvendo motociclistas. Piripiri será a sede do lançamento oficial do Maio Amarelo que acontece no dia 5 de maio, em Piripiri, no Memorial Espedito Resende. Vamos lutar por um trânsito melhor”, explicou a prefeita de Piripiri, Jôve Oliveira Monteiro.


Para Amélia de Carvalho, coordenadora do Programa Vida no Trânsito, o programa é muito importante. “O programa foi instituído em 2012 e foi criado pela Organização Panamericana. Temos doze municípios com trânsito municipalizado no Piauí e Piripiri foi escolhida para o lançamento por ser muito organizada”, disse.


“Hoje estamos aqui elaborando o plano municipal das ações do movimento Maio Amarelo de 2023. O slogan é "No Trânsito, escolha a vida". Hoje já fizemos visitas técnicas em várias instituições para debatermos o que faremos no decorrer do ano para prevenirmos acidentes”, disse Katiúscia Souza, coordenadora do Programa Vida no Trânsito em Piripiri.


Bruno Franck, coordenador do SAMU, afirmou que muitas mortes foram notificadas em 2022 no trânsito piripiriense. "Em 2022, 22 óbitos aconteceram em acidentes, a maioria é do sexo masculino e sempre nas avenidas Aderson Alves Ferreira, João Bandeira Monte e Tomaz Rebelo. Vamos insistir no uso do capacete. Sempre que há um acidente, notamos que as pessoas nunca usam capacete”, explicou.


O Inspetor Souza Pontes, da PRF, também falou sobre acidentes. “Em 2022 nas BRs 222 e 343, que cortam Piripiri, foram 54 acidentes com 13 vítimas fatais. Estamos trabalhando nesses pontos para evitar que aconteça de novo”, disse.


“Com a integração de todos esses órgãos, visamos reduzir acidentes em todo o Piauí. Essa reunião é para isso: para interligarmos essas ações”, finalizou Daniel Carvalho, diretor da Escola de Trânsito do DETRAN.


Commentaires


bottom of page