• Pref. de Piripiri

Intolerância religiosa e racismo são discutidos em palestra da 1ª Semana da Cultura Negra Piripiri


Intolerância religiosa e racismo religioso: os temas foram debatidos em uma palestra nesta quinta-feira, 18 de novembro, dentro da 1ª semana da Cultura Negra de Piripiri, que aconteceu na Câmara dos Vereadores, com apoio da Prefeitura Municipal de Piripiri.


“Muito bom essa oportunidade de estar dialogando com o povo sobre essa questão tão séria, grave e que permite várias ideias. O debate foi rico, importante e ficamos felizes com a Associação de Terreiros, e por nosso amigo Alexandre que nos proporcionou essa discussão. Agradecer também a prefeita Jôve Oliveira Monteiro que permite esses debates tão oportunos”, disse Assunção Aguiar, gerente de Promoção da Igualdade Racial e Enfrentamento do Trabalho Escravo da SASC.


Alexandre Madry, coordenador do evento, falou sobre a palestra. “Temos uma amizade muito forte com esse movimento e os terreiros tem muito a ganhar. São muito bons encontros como esse e a semana que começou dia 12, continua hoje com rodas de conversa e, dia 20, um ato religioso no Memorial Expedito Rezende”, afirmou.


Elan de Oxum, presidente da Associação dos Terreiros de Piripiri, afirmou que a semana foi perfeita e não pode parar. “Em 2022 tem que acontecer de novo. A cultura negra foi muito prestigiada assim como nossa religião”, finalizou.