top of page
  • Foto do escritorPref. de Piripiri

Educação de Piripiri inicia Ciclo Formativo para auxiliares educacionais

A Prefeitura Municipal de Piripiri, por meio da Secretaria Municipal de Educação - SEDUC, deu início na manhã desta sexta-feira, 17/05, ao I Encontro do Ciclo Formativo para Auxiliares de Serviços Educacionais da Rede Municipal de Educação do município. O evento ocorreu no Centro de Formação dos Profissionais de Educação.



Cerca de 500 profissionais de educação, contratados por meio de processo seletivo, participam do encontro. Eles foram selecionados para auxiliar alunos com deficiência ou transtornos globais, matriculados no ensino regular, nas 53 unidades de ensino da rede municipal.


O Departamento de Formação da SEDUC dividiu os encontros em quatro momentos, realizados nas sextas-feiras e sábados, nos horários da manhã e tarde. O enfermeiro sanitarista José William Júnior foi o formador, abordando temas relacionados ao ambiente de trabalho, incluindo autoconhecimento para que os servidores municipais saibam lidar com situações adversas no desempenho de suas funções.



"A SEDUC, em meio a diversas iniciativas para melhorar a aprendizagem de nossos alunos, reconhece a importância fundamental de oferecer espaços de aprendizagem adequados, recursos pedagógicos e qualificação profissional para o desenvolvimento educacional de nossos alunos com deficiência. Reforçamos o compromisso da Prefeitura de Piripiri, por meio da rede municipal, com a educação inclusiva, efetiva e legítima", afirmou a secretária Tânia Marilda Monteiro.


Maria das Graças, que trabalha na Escola Carolina Freitas Lira, compartilhou sua experiência: "É uma experiência muito enriquecedora. Eu ensino e aprendo com eles. Tem sido ótimo e este encontro, de grande ajuda para nós."


Jucélia Melo, diretora do Departamento de Formação, detalhou o evento: "Este dia foi muito proveitoso. Foi um panorama geral desse trabalho e as turmas participaram bastante. Será um dia de muito enriquecimento de conteúdo."


José William Júnior, enfermeiro e palestrante, comentou sobre a experiência: "Trabalhamos com formação e hoje está sendo muito interessante. É uma realidade local muito bonita. Desenvolvemos aqui o autoconhecimento dos educadores para lidar com reações adversas e outros temas."

Comments


bottom of page