Nesta semana o Instituto de Previdência Municipal de Piripiri deu mais um avanço para melhor atender os servidores e familiares. Agora, o instituto passa a ser conveniado com o cartório de óbitos, diminuindo a burocracia e aumentando o acesso a informação entre os órgãos.

DSC01104-1368x9121

Antes, quando um servidor municipal falecia, muitas vezes o IPMPI só tinha conhecimento praticamente no ano seguinte, quando havia o recadastramento dos servidores, por conta de a família não comunicar o óbito e, por falta de conhecimento, agir criminalmente recebendo os pagamentos do servidor de maneira ilegal. A prática, além de gerar processo criminal, ainda implicava na devolução da quantia recebida. Agora, quando há o óbito, imediatamente o instituto é informado e a família passa a receber os direitos do servidor de maneira legal, uma proteção para os funcionários efetivos da prefeitura e seus familiares.

Em 2017 o IPMPI foi encontrado pela atual gestão de maneira precária. Para se ter uma ideia, dos quatro computadores que haviam, somente um funcionava, sendo que até mesmo o HD de um dos computadores, com dados dos servidores, fora retirado. As informações espalhadas em pastas, sem nenhuma catalogação, em meio as baratas do antigo local. A realidade hoje é bastante diferente, onde todo o processo é informatizado e em breve até mesmo cadastro biométrico e facial dos servidores haverá no instituto.

 

A Prefeitura de Piripiri, através da SUTRAN, entregou na tarde de hoje (03) os novos coletes para mototaxistas do município.

IMG-20180403-WA0159

O evento aconteceu no auditório da Praça de Eventos e contou com a presença do Superintendente de Trânsito, Thiago Araújo, do vereador Deguedê, representando o prefeito Luiz Menezes, coordenador de comunicação da prefeitura George Mendes, agente de trânsito Velson Monteiro e Leonam Sales, representando empresas que patrocinaram os coletes.

Os taxistas do município também receberam renovação dos alvarás. Os novos coletes receberam faixas reflexivas transversais, ajudando na sinalização destes profissionais no trânsito e já terão validade a partir de amanhã (04). O superintendente Thiago Araújo afirma que a padronização do uniforme dos profissionais ajuda no controle e na segurança. “É uma maneira de proibir a ‘pirataria’ e evitar situações onde pessoas podem se passar como mototaxistas e cometer crimes, além de indicar quais profissionais estão legalizados e aptos para realizarem este serviço de transporte”, disse.

O agente Velson afirmou que a fiscalização será rígida e que a Superintendência de Trânsito agirá com tolerância zero com pessoas que trabalham na ilegalidade.

Em parceria com o EMATER e Sindicato dos Trabalhadores Rurais, a Prefeitura de Piripiri irá ajudar na distribuição de cinco mil mudas de caju anão precoce.
DSC00912-1368x9121
 
Os trabalhos acontecem na zona rural de Piripiri e darão prioridade para os agricultores inscritos do Garantia Safra.
 
Segundo o secretário de desenvolvimento rural, Chico Corinto, este trabalho terá uma logística diferente de outros anos. "Desta vez vamos entregar diretamente nas comunidades, porque antes eles vinham pegar na cidade e no trajeto, de ônibus, comprometia a muda. Desta vez irá uma equipe realizar a entrega diretamente no local para os produtores e com certeza será um sucesso. Trabalhando em parceria a gente consegue ir mais longe", disse o secretário.

A Prefeitura de Piripiri inicia em 2018 os procedimentos de regularização fundiária no município e hoje várias pessoas receberam a posse definitiva de imóveis. O prefeito Luiz Menezes esteve presente durante a entrega das documentações.

IMG-20180312-WA0170

“O processo de regularização fundiária continua e hoje foram entregues termos de concessão e direito real de uso dos terrenos que estavam em processo”, disse o secretário de administração José Neto.

Os interessados devem procurar a Secretaria de Administração na sede da Prefeitura de Piripiri, localizada no Centro Administrativo Municipal.

O prefeito Luiz Menezes, acompanhando do vereador Reynolds Benício, esteve na tarde da última segunda-feira (05), acompanhando a obra de implantação do sistema de abastecimento de água da comunidade Vaquejador, zona rural de Piripiri.
IMG-20180308-WA0028
 
Na localidade Marinheiro, que também foi contemplada com o projeto, foi perfurado um poço e está sendo construída uma adutora, onde irá melhorar o sistema de abastecimento d'água que já exista na comunidade.
 
Já no Vaquejador houve a perfuração de poço na primeira etapa e em seguida serão construídos um reservatório, uma adutora, uma rede de distribuição e as ligações domiciliares, que permitirão que cada morador tenha sua água encanada em suas residências.
 
O projeto é um convênio da Prefeitura de Piripiri com a CODEVASF e irá beneficiar cerca de 66 famílias no Vaquejador e 72 na comunidade Marinheiro.

A partir desta segunda-feira, 05, os proprietários de imóveis em Piripiri passarão a receber os boletos referentes ao IPTU 2018. 

iptu2018

Como forma de incentivo, a prefeitura irá sortear, para quem estiver em dia, um total de 29 prêmios, dentre eles um carro zero quilômetro. Quem efetuar o pagamento até o vencimento no dia 20 de abril além de concorrer aos prêmios também ganha 15% de desconto do valor total.

O sorteio do IPTU 2018 acontece no dia 1º de maio, dia do trabalhador, na Praça da Bandeira.

luizmenezesDesde o início do mandato, em 2017, o prefeito Luiz Menezes tem trabalhado para ajustar as finanças e adequar o município dentro das leis que regem a administração pública.
 
 
Em 2017, a Prefeitura de Piripiri estava no CAUC, com impedimentos para receber convênios federais e estaduais. A gestão anterior, responsável pelo problema, deixou de cumprir 13 itens básicos da administração pública, o que tornou o município inadimplente. Para se ter uma ideia, a lei estabelece que os municípios devem gastar o mínimo de 25% em educação e 20% em saúde. Em 2016, por exemplo, a Prefeitura de Piripiri gastou 15,89% em educação e 13,43% em saúde, números abaixo do exigido. Já no fim de 2017, primeiro ano da atual gestão, os números subiram consideravelmente, com aplicação de 25,37% para educação e 18,05% para a saúde.
 
Já nos gastos com pessoal, em 2016 a Prefeitura gastava 67,39%, número bem acima do permitido por lei e atualmente, em 2018, o prefeito Luiz Menezes já baixou este índice para 53,78%. "Hoje o nosso município está apto para receber qualquer convênio e estamos buscando sempre nos adequarmos as leis, pois esse sempre foi nosso modo de trabalho. Todos sabem como recebemos nossa cidade e agora a situação já está completamente diferente", disse o prefeito Luiz Menezes.